Trabalho em Equipe e Treinamento






O dia começou como qualquer outro dia de junho. Estava quente, com um pouco de vento e perfeito para mergulhar em um dos nossos pontos de mergulho favoritos: Lake Mohave, no Arizona. A equipe de instrutores estava ensinando três turmas naquela manhã – Open Water Diver, Flutuabilidade e Navegação Subaquática - e tivemos uma manhã produtiva de treinamento de mergulho. Depois de concluir com êxito os mergulhos de certificação, um grupo de nove de nós decidiu fazer um mergulho para diversão ao invés de guardar nossos equipamentos imediatamente. Nós fomos ao local do naufrágio de uma lancha cabinada, afundada duas enseadas para frente.

Após uma pequena caminhada com o equipamento completo sobre duas subidas no deserto chegamos ao ponto de entrada. Assim que chegamos ouvimos gritos – uma mulher flutuando em uma boia a uma pequena distância da praia estava claramente com algum tipo de problema. Um membro do nosso grupo nadou até ela para avaliar a situação e descobriu que alguém havia submergido e não havia voltado à superfície.

Nosso treinamento entrou em ação. Um membro do nosso grupo voltou à nossa base para telefonar para a emergência, dois nadaram até a mulher para auxiliá-la e entender melhor o que havia acontecido, e o resto desceu para realizar um padrão de busca. Cinco minutos depois do início da busca eu encontrei um homem inconsciente a aproximadamente 12 metros de profundidade. Enquanto eu me aproximava dele eu formulava o que faria quando subisse à superfície com ele, repassando mentalmente todos os inúmeros cenários que se desdobraram nos cursos de Resgate que eu já ensinei.

Quando cheguei até o homem eu o agarrei, o trouxe à superfície, segurei sua cabeça de maneira que asseguraria que suas vias aéreas estivessem abertas e comecei a administrar respirações de resgate enquanto eu nadava com ele até o ponto mais próximo da praia. O resto da equipe ajudou a levá-lo para uma parte plana do terreno rochoso. Um instrutor pegou uma máscara de bolso que ele sempre carrega em seu BCD, e imediatamente começou a RCP. A cada dois ciclos alternávamos a responsabilidade pelas compressões e ventilações entre os socorristas - é exaustivo manter a RCP eficaz quando a adrenalina começa a baixar. Continuamos a realizar a RCP por 20 minutos enquanto esperávamos a chegada do serviço médico de emergência.

O Serviço Nacional de Parques havia despachado um par de barcos e colocamos o paciente a bordo de um deles para que ele pudesse ser levado de volta através da enseada para onde os paramédicos do corpo de bombeiros pudessem assumir os cuidados. Eles o colocaram em um helicóptero para o transporte até o hospital.

No momento em que a provação tinha em grande parte terminado, um dos nossos mergulhadores começou a ter problemas de respiração devido à combinação da natação, deslocamento da vítima inconsciente e o estresse geral da situação. Nós utilizamos nossa unidade de oxigênio da DAN® para ajudá-lo a se recuperar.

Mais tarde soubemos que a vítima, que era o namorado da mulher na boia, tinha nadado pela enseada em busca de um bote que o vento empurrava através da água. Ele não conseguiu chegar ao bote, ficou exausto e submergiu a cerca de 20 metros de distância da costa. O homem infelizmente nunca recuperou a consciência e mais tarde foi declarado morto.

Reanalisando o incidente eu penso sobre o que nós, como indivíduos e como uma equipe, fizemos de certo e o que faríamos melhor caso alguma vez nos encontrássemos em uma situação semelhante novamente. Depois dessa experiência não posso exagerar a importância de estar preparado. Acredito que todos os mergulhadores devem aprender e manter-se atualizado nas habilidades de RCP e administração de oxigênio de emergência. Eu também defendo sempre ter em mãos equipamentos de resgate, tais como máscaras oronasais para ressuscitação - eles são extremamente eficazes para administrar respirações de resgate e proteger você de fluidos corporais e da transmissão de possíveis doenças. O instrutor que possuía uma com ele sempre a carrega em um bolso sob seu suporte de faca de mergulho. Agora cada membro da nossa equipe de instrutores inclui uma máscara como parte do nosso kit normal.

Nós temos sempre uma unidade de oxigênio DAN Rescue Pack conosco quando estamos em um local de mergulho remoto. Temos um plano de ação de emergência que leva em conta que a recepção do telefone celular é muitas vezes ruim em nossos pontos de mergulho locais e que várias agências podem estar envolvidas em uma emergência.

Fiquei orgulhoso da resposta da nossa equipe e de como ela seguiu fielmente o que ensinamos em nosso programa de Mergulhador de Resgate. Acredito que proporcionamos à vítima a melhor chance possível.

© Alert Diver — 2º Trimestre 2016

Language: EnglishSpanish