Sobreviva a seu Mergulho

Uma perspectiva da Guarda Costeira Americana


Um membro da tripulação opera o guincho em um helicóptero MH-65C Dolphin durante operações de treinamento próximo à costa de Los Angeles.

"Ninguém compreende a fascinação pelo mar mais do que a Guarda Costeira Americana, mas nós também vemos os resultados trágicos quando as pessoas subestimam os perigos. A aventura e a emoção de mergulhar são atraentes para muitos, mas o oceano é um ambiente implacável – e ainda menos piedoso com aqueles que se divertem abaixo da superfície."

— Contra Almirante. Karl Schultz, comandante do 11o Distrito da Guarda Costeira


O mergulho recreativo é, no geral, uma atividade segura, mas quando os acidentes acontecem os resultados são frequentemente assustadores e podem ser fatais. O lindo mundo azul abaixo da superfície pode rapidamente se tornar hostil para os mergulhadores sem treinamento adequado, em más condições físicas, que usam equipamento sem manutenção apropriada ou estão de alguma outra forma despreparados.

Embora a Guarda Costeira Americana não tenha nenhuma autoridade regulatória sobre o mergulho recreativo como ela tem para as embarcações recreativas e comerciais, as equipes de busca e resgate da Guarda Costeira são frequentemente chamadas para auxiliar quando mergulhadores estão desaparecidos ou com problemas. Após um acidente de mergulho ou morte, os investigadores de acidente marítimo da Guarda Costeira trabalham junto com outras organizações de saúde e segurança pública para identificar o que deu errado e avaliar como evitar acidentes futuros.

Em 2009 a Guarda Costeira começou a construir uma importante parceria com os Serviços de Salva-vidas de San Diego, a Polícia do Porto de San Diego, O instituto médico legal da região de San Diego, a University of California, o Sistema de Saúde de San Diego e o Scripps Institution of Oceanography para analisar os acidentes de mergulho. O comitê formado por esses grupos produziu seis recomendações baseadas em uma ampla revisão das fatalidades de mergulho ocorridas na região de San Diego. O comitê encoraja os mergulhadores de todos os lugares a se fazerem as seguintes questões:



1.O seu treinamento é adequado para as condições atuais e previstas? Você respeitará as limitações criadas pelas condições e irá interromper o mergulho quando as condições mudarem ou excederem os seus limites pessoais?

Todos os perigos normais dos esportes aquáticos são magnificados para aqueles que passam tempo sob a superfície. Correntes fortes podem ocorrer em qualquer época do ano. Águas frias, suprimento de ar limitado, dependência do equipamento para sobrevivência e falta de capacidade de resgate subaquático fazem com que seja essencial que os mergulhadores tenham plena consciência de seus limites e estejam preparados para todos os possíveis problemas.

2. Você está preparado para abandonar seu lastro, inflar o seu colete equilibrador e sinalizar que você precisa de ajuda quando estiver com problemas?

Os mergulhadores não devem ter medo de soltar seus lastros, terminar seus mergulhos e pedir ajuda ao primeiro sinal de problema. Entrevistas com mergulhadores que vivenciaram situações de problemas revelam que muitos deles não sabiam que estavam em perigo porque eles não haviam sido ensinados como seria; portanto, os mergulhadores devem pedir ajuda caso eles tenham qualquer preocupação.

3. Seu condicionamento físico é adequado para as condições atuais e previstas? Você verificou com um médico para ter certeza de que está saudável o suficiente para um cansaço físico intenso?

O mergulho é uma atividade fisicamente extenuante, e envolve demandas fisiológicas diferentes daquelas de qualquer outro esporte. Muitas fatalidades de mergulho são causadas por ataques cardíacos, e o risco é especialmente alto para mergulhadores acima dos 45 anos. Os mergulhadores que não mergulham há mais de um ano devem consultar seus médicos antes de tentar retomar o esporte. Eles devem então reavaliar suas habilidades com um mergulho mais simples ou menos desafiador.

4. Você está mergulhando com um dupla? Vocês revisaram as habilidades, o equipamento e os planos de cada um?

Além do planejamento, saúde, aptidão física e consciência do tempo e condições marítimas, os especialistas em segurança do mergulho destacam a importância do sistema de duplas. Os mergulhadores nunca devem mergulhar sozinhos. Eles devem sempre ter planos detalhados (que incluem tempos e locais) que eles devem dividir com alguém em terra.

5. Você se sente completamente confortável fazendo esse mergulho?

É essencial priorizar a segurança e ser realista sobre os próximos mergulhos. Qualquer hesitação sobre qualquer aspecto de um mergulho deve ser completamente resolvida antes de começar o mergulho. Os mergulhadores devem também ter uma noção clara de seus níveis de experiência e apenas tentar exceder esses limites quando as condições estiverem ótimas e eles estiverem mergulhando com parceiros mais experientes.

6. Você planeja entrar em ambientes com teto? Se sim, você possui o treinamento e o equipamento adequados, e você está familiarizado com os procedimentos necessários?

Mergulhar em cavernas, naufrágios ou outros ambientes com teto nos quais o caminho para a superfície é indireto requer treinamento, equipamento e suprimento de ar adicional. Em ambientes com teto, esteja preparado para ambientes confinados, enroscos e desorientação.

De acordo com as Estatísticas Táticas e Estratégicas da Guarda Costeira, nos últimos quatro anos (2010-2013) a Guarda Costeira foi chamada para auxiliar em 63 acidentes fatais de mergulho e 55 acidentes relacionados ao mergulho. Nós esperamos que a publicação dessas dicas leve a um menor número de tragédias relacionadas ao mergulho. "A Guarda Costeira não regulamenta o mergulho recreativo mas é normalmente chamada para auxiliar durante emergências de mergulho", disse Schultz. "Em muitas dessas emergências de mergulho, lesões e mortes são evitáveis. Nós queremos que todos que aproveitam a água, incluindo os mergulhadores (cujo esporte deixa pouca margem para erros), façam da segurança sua principal prioridade. Nós queremos que você sobreviva ao seu mergulho."


© Alert Diver — 3º Trimestre 2014

Language: EnglishSpanish