Ocean Views 2016: Mude o Mundo




Brian Skerry
Desde o advento da fotografia a humanidade registra quase todo o evento histórico importante através da imagem. Quando pensamos na Guerra Civil Americana, o assassinato do Presidente Kennedy ou o primeiro homem na lua, visualizamos fotografias. É assim que o cérebro humano funciona — mesmo quando pensamos em vídeos ou filmes, vemos imagens individuais na nossa mente.

Seres humanos são criaturas visuais. Dezenas de milhares de anos atrás as pessoas pintavam imagens nas paredes das cavernas para registrar o que haviam presenciado nas suas vidas e as coisas que eram importantes para elas. Mas a fotografia captura um momento — uma breve cena transitória que, caso contrário, se dissiparia em um instante. E na imagem resultante fica um grande poder. Imagens têm o poder de educar, entreter, motivar e inspirar. De uma única imagem podemos evocar emoção. Com uma só fotografia podemos mudar o mundo.

Desde o início, a fotografia foi usada para honrar o mundo natural. Fotógrafos trabalhando em locais longínquos e exóticos, ou mesmo em seus quintais, dividem imagens em uma celebração coletiva do nosso planeta. Eles nos mostram coisas que nunca vimos antes e nos inspiram a olhar para coisas familiares de uma forma diferente. Este ano, 2016, marca o centenário do National Park Service, protetores e cuidadores dos parques nacionais americanos. Chamado de "a melhor ideia dos estados unidos", o serviço de parques foi criado em grande parte porque um fotografo chamado William Henry Jackson acompanhou a expedição geológica Hayden para o Oeste americano em 1871 e voltou com imagens espetaculares de lugares que muitas pessoas achavam ser apenas mitos. Quando o Congresso americano observou as imagens, agiram imediatamente e criaram o Parque Nacional de Yellowstone, em março de 1872.

Apesar de vivermos em um planeta de água, a maioria da população não mergulha. Assim sendo, a fotografia subaquática tem um papel vital na divulgação daquilo que nós mergulhadores sabemos: os Oceanos são magníficos e devem ser protegidos. As imagens que produzimos são a prova que este extasiante mundo existe. Apesar de poucos o experimentarem pessoalmente, o que está por debaixo das ondas é muito relevante a todos os que vivem na terra.

Como fotógrafos subaquáticos somos exploradores e embaixadores. Viajamos para lugares com uma câmara na mão e voltamos com imagens que são reveladoras. Fotógrafos subaquáticos revelam um submundo para celebrar tubarões e camarões, golfinhos e donzelinhas, e muito mais. A fotografia subaquática fala por aqueles que não têm voz e por lugares que podem parecer míticos.

Fotógrafos portando uma câmera têm diante deles uma paleta ilimitada com a qual criam. Eles dividem aquilo que lhes importa através da fotografia — aquilo que os apaixona. E a paixão é contagiante. A maioria de nós começa a tirar fotografias apenas por diversão, mas, inevitavelmente, a imagem chega a outras pessoas e gera mudanças. Nossos amigos, família e colegas são educados, entretidos, motivados e inspirados. E com isso, mudamos o mundo.
Veja as Galerias do Concurso
Ocean Views 2016 galeria dos vencedores

Veja mais imagens espetaculares do concurso nestas galerias bônus:

Ocean Views 2016 Galeria Bônus 1

Ocean Views 2016 Galeria Bônus 2

Ocean Views 2016 Galeria Bônus 3


© Alert Diver — 2º Trimestre 2016

Language: EnglishSpanish