Não Culpe a Operadora de Mergulho






Quando eu comecei a mergulhar há 54 anos, os únicos outros mergulhadores que eu encontrava eram "ratos de água". Nós amávamos estar sobre, na e sob a água. Aprender a mergulhar era apenas uma maneira que tínhamos de aumentar o tempo abaixo da superfície. Hoje em dia, muitos mergulhadores ratos de água acham as operadoras de mergulho muito controladoras e restritivas. Para eles eu digo, "Não culpem a operadora de mergulho."

Operadoras de mergulho, organizadores de viagens, instrutores e divemasters, todos enfrentam atualmente a realidade de que muitos mergulhadores não necessariamente tem uma afinidade natural com a água ou uma aquacidade nata. Hoje em dia muitas pessoas vêm mergulhar da mesma maneira que vão esquiar, pular de paraquedas ou praticar uma longa lista de outros passatempos. Eles são mergulhadores ocasionais e de oportunidade que escolhem destinos de férias que "talvez também tenham mergulho". Eles gostam de mergulhar, mas eles não amam o suficiente para investir o esforço e o tempo de água necessários para dominar a atividade. Aqui está o problema.

Se os mergulhadores de hoje são menos habilidosos e experientes do que os mergulhadores de décadas passadas, então os profissionais do mergulho precisam oferecer mais apoio e orientação — ou, dependendo do seu ponto de vista, controles e restrições. Algumas operadoras tentam separar os mergulhadores em grupos, baseado no nível de experiência ou de treinamento, mas as carteirinhas dos mergulhadores não informam a qualidade de suas habilidades ou experiências. E nem todos os barcos de mergulho têm o luxo de ter um grupo de mergulhadores e uma equipe de profissionais grandes o suficiente para permitir a formação de vários grupos.


Mastering important skills such as buoyancy control requires dedication, effort and in-water time. Many divers today are not excellent swimmers in peak physical condition, and dive operators are forced to accommodate this reality.

Portanto os profissionais do mergulho devem ficar atentos aos sinais de inexperiência, como a colocação inadequada do primeiro estágio do regulador na torneira do cilindro, prender inadvertidamente a fita que segura o tanque ao barco sob as mangueiras ou sob o CE e questões como, "eu preciso de quanto lastro?" Muitas operadoras atualmente contam com um mergulho de verificação ou algum tipo de avaliação na água para determinar as habilidades dos mergulhadores e seus graus de conforto.

Quando eu estou em um barco de mergulho e um mergulhador relativamente novato me pergunta como eu consigo mergulhar por uma hora e voltar ao barco com 1.300 psi em meu tanque, eu digo que eu me sinto confortável e relaxado na água, eu conscientemente economizo energia, e eu já mergulho há muito, muito tempo. Eu também o aconselho a observar a maneira como o divemaster se movimenta e a considerar a possibilidade de fazer uma, duas ou três aulas de controle de flutuabilidade.
Experiência Não é uma Autorização para Quebrar Regras de Segurança
Mergulhadores novatos não são os únicos que entram em apuros. Em 1992 eu escrevi um trabalho de pesquisa sobre uma temporada de mergulho muito problemática que havia ocorrido no ano anterior no nordeste dos EUA. Nós perdemos 11 mergulhadores de naufrágio muito experientes naquela temporada. Todos eles perderam a vida ao tomar uma decisão errada antes ou durante um mergulho de naufrágio. Todos eles possuíam as habilidades e a experiência para saber o que deveriam ter feito, mas decidiram ignorar seu treinamento.

Dois traços comuns que eu encontrei em todos esses mergulhadores foram a falta de controle dos impulsos (incapacidade de resistir a tentações ou impulsos) e falta de medo da morte (incapacidade de compreender o risco de morrer). Você manda mensagens e dirige? Se você o faz, você não tem controle dos seus impulsos e não tem medo de morrer. Mergulhadores que possuem essas características oferecem riscos a operadoras de mergulho (e aos seus duplas e a eles mesmos) independentemente de quão experientes eles são ou de quão confortável eles se sentem na água.





O Que as Operadoras de Mergulho Podem Fazer?
A maioria das operações de mergulho oferece aulas de mergulho básico e avançado assim como treinamento em habilidades básicas e avançadas de flutuabilidade. Na minha experiência, os mergulhadores que mais precisam dessas aulas são os menos propensos a fazê-las. A equipe da operadora pode ter que encontrar melhores maneiras de incentivar os mergulhadores a gastarem seu tempo e dinheiro para melhorar suas habilidades de mergulho. Eu tenho conseguido inspirar mergulhadores a fazerem isso ao insinuar que eles terão um melhor consumo de ar, irão se sentir menos cansados após um mergulho, evitar a destruição acidental do recife e serão um dupla de mergulho melhor.

Assim como praticar o mergulho seguro, promover o mergulho seguro exige esforço. Quanto mais conseguimos inspirar mergulhadores a pensar sobre melhorar suas habilidades, mais seguros todos nós estaremos. Você nunca sabe – se tivermos sucesso pode ser que as operadoras de mergulho tenham menos tendência a restringir e controlar os planejamentos de mergulho e nós nunca mais precisaremos culpar a operadora de mergulho.

© Alert Diver — 2º Trimestre 2015

Language: EnglishSpanish