Cozumel

Um ícone Caribenho


Brilliantly hued sponges decorate the contours of the dynamic coral reef at Tormentos, a favorite site for drift divers.

Um nome familiar há décadas, Cozumel permanece um dos locais favoritos nos círculos de mergulho norte-americanos. Fácil de chegar, fácil de mergulhar e tão divertido que muitas pessoas fazem uma peregrinação anual, esta pequena ilha merecidamente ganhou o status de ícone. As correntezas da minha carreira de fotografo subaquático me levaram através do Pacifico, Atlântico e Caribe, mas eu de alguma forma acabei perdendo Cozumel, Mexico. Eu persegui Agulhões-vela próximo a Isla Mujeres e me diverti explorando os cenotes subterrâneos da vizinha Riviera Maia. Mas perto não é o suficiente, então eu consegui a ajuda de um amigo que conta com dezenas de visitas a Cozumel. Num instante, tudo estava organizado.
Um Começo Esplêndido

Uma tartaruga-de-pente decola em Palancar Bricks.
O Mark nos cumprimenta calorosamente quando desembarcamos da balsa em San Miguel. "Como foi o voo até Cancun? Como foi a travessia de balsa? Prontos para mergulhar?" Nos guiando energeticamente pelo píer, ele continua. "Eu tenho um encontro marcado para todos vocês. Eu acabei de mergulhar com meu guia favorito Alex, e encontramos uma beleza. Ele é esplêndido. Vamos cair na água assim que vocês estiverem prontos"

Tomamos a decisão executiva de adiar as margaritas de boas-vindas até a noite. Não é legal deixar um esplêndido peixe-sapo esperando. Em menos de uma hora estamos a bordo de um barco de mergulho de seis lugares com destino ao paraíso. O Recife Paraíso é um local popular fácil e agradável em frente ao porto. É um bom mergulho introdutório (e ótimo mergulho noturno) com um boa amostra da vida marinha. Não é o mais impressionante dos pontos de mergulho — somos avisados de que melhores corais e cores virão amanhã — mas está bom para mim. Nada melhor do que começar com uma celebridade reclusa. Sanopus splendidus é um peixe parecido com um pitbull com listras de zebra, nadadeiras amarelo canário e um queixo com uma barba espetada. Endêmico de Cozumel, este peixe-sapo não é encontrado em nenhum outro lugar. Encontramos nosso prêmio a 12 metros de profundidade, entocado embaixo de uma cordilheira baixa e saindo rabugento das sombras, seus beiços abertos enquanto um camarão limpador caminha ao longo de sua cabeça. É o sonho de um louco por peixes, e eu passo feliz os 30 minutos seguintes em êxtase fotográfica.
Recifes Resplandecentes


Conforme o dia seguinte amanhece reiniciamos nossas explorações em uma perspectiva maior: os andares de recifes que são a principal atração para as massas de mergulhadores de Cozumel. Se estendendo por 48 km ao longo da face oeste da ilha, os recifes ricamente decorados e os paredões nos manterão ocupados pela próxima semana. Existem dezenas de pontos que servem a todos os níveis de habilidade. As profundidades variam de 5 a 50 metros e as condições de leves a selvagens. O Mark planeja nos mostrar os seus pontos favoritos, e ele sugere que comecemos nos aventurando no sul. "Vamos checar as condições e provavelmente fazer Colombia Deep em nossa primeira caída. Colombia é um clássico de Cozumel — correnteza, coral e criaturas. Tranquilidade total." Misturas Nitrox de 28 a 34 por cento serão nossas companheiras ao longo do dia e oferecerão flexibilidade para maximizar com segurança o nosso tempo de fundo.


Uma grande e gorda Barracuda atravessa a foto
Colombia Deep é uma das favoritas da multidão. Tranquilidade total, realmente: Há uma visibilidade cristalina de 35 metros, um enorme paredão desaparecendo no abismo, pináculos cobertos de corais impondo-se para cima e inúmeras esponjas, Gorgônias e peixes cintilantes. A correnteza nos move constantemente enquanto incontáveis opções de fotografias passam rapidamente. Sem preocupações: nós sabemos mergulhar com a correnteza. Descemos para 33 metros e então seguimos as correntes termais do oceano de volta aos 21 metros, onde Alex nos guia por uma fenda dentada em direção ao coração do recife. Nadamos por túneis enganadores e passagens estreitas até um grande salão. Eu aproveito a dramática arquitetura tirando fotos a partir do escuro em direção à luz. Isto rende composições poderosas com silhuetas de mergulhadores contra o azul, cercados por uma escuridão ameaçadora e invasiva.

A Colombia Shallows ou o adjacente complexo Palancar Reef são normalmente os mergulhos seguintes quando você estão na região sul. Mas com o mar ficando agitado com a brisa intensa, deixamos estes locais para depois e nos dirigimos para o norte, a meio caminho de casa, para Tormentos. O Mark nos promete cores e correnteza neste ponto intermediário, e ele está certo. O perfil do recife se assemelha aos parapeitos canelados dos muros de castelos — para cima e para baixo, para cima e para baixo, uma confusão de cores após outra em blocos de 3 a 6 metros de altura. Pontas e pedaços de esponjas vermelhas, amarelas e laranjas decoram as cabeças dos recifes, dando a aparência de lava borbulhando, escorrendo e se acumulando.

Tormentos é um redemoinho de vida. Nossa deriva ao longo de suas muralhas de 15 a 18 metros é como girar através de um caleidoscópio. Os peixes as vezes navegam conosco e as vezes explodem para trás na direção oposta. Há rios de garoupas e roncadores. Peixes-anjo e Donzelas esvoaçam sobre os recifes. Gorgônias se esticam em direção a correnteza, suas ramificações formando mãos famintas preparadas para agarrar plânctons à deriva. Uma Barracuda zombeteira se lança para fora de uma toca para bombardear minha imagem cuidadosamente composta. Ela me surpreende de tal forma que eu perco completamente minha concentração e sou arrastado para a próxima cabeça de coral, onde me enfio atrás da formação para iniciar uma nova foto.

O Tempero da Vida

Souvenires coloridos em San Miguel
"Hoje vamos misturar tudo: íngreme e profundo, raso e fácil, cores que vão fazer seus olhos saltarem e talvez uma surpresa ou duas. Avante e para baixo! Vocês vão adorar — confiem em mim", o Mark diz. Eu não sei o que isso tudo significa, mas confio nele. Eu o segui antes e tive bons momentos.

O casco desliza sobre um calmo azul. O capitão nomeia ponto de mergulho após ponto de mergulho conforme eles passam abaixo de nós enquanto navegamos ao longo da costa de Cozumel. Milhões de visitantes da Península de Yucatan pensam que o único lugar para se estar é Cancun ou Playa del Carmen, festejando no continente 20 km a oeste de nós. Mas eles estão errados. Eu fixo o olhar desejosamente no azul abaixo de nós; ali é que está a ação.

"E aqui está Maracaibo." Minha cabeça entendeu rápido. Ao menos que Mark esteja mentindo, chegamos ao final do recife, o local mais ao sul da ilha. Maracaibo está exposto. Alguns dias o mar fica agitado como em uma batalha naval por aqui, mas felizmente não hoje. Não há ondulação nem vento. Mark exibe um largo sorriso. "O que eu falei a vocês? Os deuses do mar estão cuidando de nós. Vamos lá." Minha esposa e eu fazemos nossa verificação de segurança pré mergulho e depois o rolamento de costas sobre o trincaniz, caindo para nos juntarmos a Mark e Alex.


Um motorista de taxi movido a cavalo usando um sombrero, ao estilo de Cozumel.
Três raias dançam graciosamente, um pouco longe demais para fotos. Eu li que tubarões de recife também são vistos aqui, e até mesmo a ocasional manta. Nossa mistura magra de nitrox nos permite descer a 39 metros, onde ficamos à deriva por alguns momentos, passando por Gorgônias de águas profundas e arbustos de coral negro. Surpreendemos uma grande garoupa se escondendo atrás de uma saliência rochosa, e então, como equipe subimos para nadar através de um arco natural com 9 metros de largura a 36 metros de profundidade. É uma formação muito impressionante, mas eu não tenho tempo nem as lentes certas para lhe fazer justiça. Eu honestamente não pensei que teríamos sorte suficiente para ver isto. Continuando a subir pela parede chegamos a borda, que é decorada com uma variedade vibrante de corais duros e moles, alguns crinoides dourados e, claro, as onipresentes esponjas Technicolor. Sea rods se curvam na corrente. Xaréus-olhões desfilam a nossa frente. Uma grande moréia verde nada livremente como uma serpente atrás de nós. Infelizmente, é hora de nos retirarmos e subir.

Maracaibo é um mergulho avançado, devido à profundidade (o topo do paredão está a 28 metros e cai abruptamente para 46), às condições do mar (grandes ondulações oceânicas e fortes ventos são comuns) e às correntezas (pode ficar feio por lá — sem brincadeira). Respeite este ponto.


Mulher mergulhando de um barco familiar de seis lugares
Após um agradável intervalo de superfície e uma animada discussão sobre os castigos da visita do furacão Wilma a Cozumel em 2005 (dos quais tanto a comunidade do lado de cima quanto a subaquatica se recuperaram notavelmente), serpenteamos para o norte, para o Naufrágio C-53. Cozumel não é um destino de mergulhos em naufrágios, mas não podemos perder a chance de conhecer a cena local de metal pesado. Descansando respeitosamente de pé na areia a 23 metros, o nome completo deste navio de guerra da Marinha Mexicana de 184 pés é Felipe Xicotencatl C-53. Ele foi intencionalmente afundado para os mergulhadores em 1999. Qualquer um pode apreciar um mergulho fácil ao redor do exterior do navio, e aqueles que são credenciados para mergulhos em naufrágios podem seguir um guia experiente para visitar alguns dos numerosos compartimentos internos do navio. O C-53 é um bom mergulho para o nível inicial de treinamento em naufrágio (ele foi bem preparado para mergulhos de penetração) e é o ponto focal para operadoras de Cozumel que oferecem cursos de certificação em mergulho em naufrágio.
Cidade Submarina

French and white grunts on display for current-riding divers
Muitos dos melhores recifes ao longo das praias a sotavento de Cozumel são estruturas muito complexas — cenários submarinos tri dimensionais que apresentam de tudo desde torres de corais divididas em duas por quedas de areia até paredes repletas de cavernas e labirintos de pináculos e montes de rochas. Há terraços de corais, cânions, esporões, fissuras, anfiteatros, tuneis...você escolhe. É um show gratuito, o trabalho intrincado e criativo do tempo e da maré. O resultado final é uma metrópole submarina na qual todo pequeno canto e buraco é o lar de uma ou outra forma de vida e cada caminho te leva a novas descobertas.

Punta Sur é famoso por suas atrações profundas, o salão abobadado "Catedral" a cerca de 30 metros de profundidade e a passagem vertical "Garganta do Diabo" que fica entre 27 e 40 metros de profundidade. Santa Rosa apresenta uma rede desconcertante de passagens assim como de becos de areia entre altas colunas de corais. Seu fascinante sistema recifal semelhante a um queijo suíço nos atraiu para um segundo mergulho. A observação de criaturas marinhas também foi muito produtiva aqui, com o flagrante de uma garoupa amarelo brilhante, peixe-anjo, peixe-porco, peixe-papagaio e outro peixe-sapo. Em Palancar Bricks pode-se encontrar tartarugas-de-pente. Nós avistamos três entre 15 e 24 metros, incluindo uma tirando uma soneca no fundo e outra comendo um lanche composto de esponja Xestospongia muta que crescia em uma mini parede.

Paso de Cedral apresenta escolas de roncadores-listado-americanos e roncadores-brancos protegidos pelas saliências dos recifes decoradas por invertebrados assim como garoupas, enguias, lagostas, casais de peixes-anjo cinzas, raias e tubarões lixa. É uma ótima escolha para fotografia de peixes com lentes macro ou zoom grande angular, mas esteja preparado para uma correnteza forte. Após 60 minutos explorando o Cedral, inflamos nossos dispositivos visuais de sinalização de segurança e subimos para uma parada de segurança tranquila e sessão de pose para fotos, sorrindo uns para os outros e relaxando enquanto o barco seguia nossos passos acima de nós.
Correntes Quentes

A photo-savvy queen angelfish looks her best in front of an elephant-ear sponge.

Embaixo e acima da água é difícil não sorrir em Cozumel. Embora tenhamos ocasionalmente encontrado locais cansados de turista que foram bruscos e estavam entediados em outras partes do mundo, a recepção de boas vindas Cozumelina que recebemos em San Miguel nos pareceu completamente genuína. "Casual, confortável, e auténtico," o Mark graceja, enquanto nos guia pelas ruas de lojas coloridas e restaurantes convidativos. Entramos em um pátio repleto de pessoas felizes, visitantes e nativos, se misturando embaixo de flamboyants em flores com uma banda de mariachi entretem sob a luz dourada de final de tarde. "¡Hola!" alguém nos exclama. "Como foram os mergulhos de hoje?"

O Mark diz com satisfação "Viu? Essa é uma cidade de mergulhadores, sem dúvida. A comunidade quer o turismo, e as pessoas são simpáticas o suficiente para dividir a sua cultura — mais uma razão pela qual Cozumel te conquista, rapidamente se tornando um velho amigo. Vocês estarão de volta antes que percebam!". De fato, só estamos aqui a poucos dias, e já fomos conquistados por seu encanto. Nosso guia texano continua, "Vocês já querem jantar? Um jantar de verdade? Conheço o lugar perfeito. Espere até experimentar a comida! Vou apresentá-los a alguns de meus mais queridos amigos Cozumeleños. Vamos comer, beber e ser felizes. E vamos planejar os mergulhos de amanhã!"

Sorrindo, deslizamos atrás dele, seguindo o fluxo, carregados pelas quentes correntes de Cozumel. Tranquilidade total.
Como Mergulhar em Cozumel

Um esplêndido peixe-sapo, um achado único em Paradise
CONDIÇÕES: Cozumel é um bom destino de mergulho o ano todo. As temperaturas da água variam de 24°C 30°C , dependendo da estação. As temperaturas do ar na superfície ficam ao redor de 27°C o ano todo. De maio a outubro é a estação chuvosa, o que frequentemente significa chuvas à tarde. A visibilidade da água geralmente é excelente, variando entre 23m a 38 m na maioria dos pontos de mergulho. As correntes estão quase sempre presentes, mas variam entre leves a fortes. O mergulho embarcado é a norma. Carregue um dispositivo visual de sinalização de segurança, e siga o seu guia. Os pontos de mergulho no extremo norte, extremo sul e nos poucos pontos de fronteira com a região raramente visitada do lado a barlavento da ilha (lado leste) frequentemente apresentam mar agitado e condições difíceis.


Um mergulhador desliza com o vento marinho.

COMO CHEGAR: Alguns voos comerciais dos EUA voam direto para Cozumel (CZM). Muitas companhias voam para Cancun (CUN). Se você chegar em CUN, irá precisar de transporte terrestre para o terminal da balsa e da passagem para Cozumel feita pela balsa.

MAIS INFORMAÇÕES: www.cozumel.travel; [visitmexico.com/en/cozumel|http://visitmexico.com/en/cozumel]

OUTRAS AVENTURAS: Explore as ruinas Maias em Tulum Tulum, Chichen Itza, Uxmal ou Coba. Em Isla Mujeres, faça mergulho livre com os tubarões baleia no verão ou peixe-vela no inverno.
Explore Mais
Leia "No mundo subterrâneo Maia".

© Alert Diver — 2º Trimestre 2014

Language: EnglishSpanish