A Blue Heron Bridge da Flórida




Essa tartaruga machucada foi levada para o Loggerhead Marinelife Center em Juno Beach, na Flórida.

Duas vezes ao dia, a lua e o sul conspiram com a quente Corrente do Golfo para empurrar água limpa e transparente para um ponto de mergulho conhecido como Blue Heron Bridge. Uma incrível variedade de criaturas submarinas é carregada por essas correntes, e nós no sul da Flórida somos extremamente afortunados por termos esse lugar em nosso quintal.

Você pode ouvir esse local ser chamado de Blue Heron Bridge, BHB ou Phil Foster Park, mas a maioria dos mergulhadores locais o chama simplesmente de "the bridge" ("a ponte"). Esse lugar, localizado em Riviera Beach, na Flórida, se tornou conhecido pela imensa diversidade de oportunidades de fotografia macro únicas que prosperam em suas águas, embora não seja necessário ser um fotógrafo para apreciar o local. Não é raro encontrar alunos de cursos básicos aqui juntamente com grupos de fotógrafos subaquáticos dedicados.


Uma jovem raia pintada.
Parte do encanto da ponte é a facilidade do mergulho lá. É uma entrada de praia, e raramente há mais do que uma leve ondulação em termos de ondas, mesmo se um furacão estiver passando longe da costa. O mergulho na BHB é geralmente feito a partir da praia; a praia é uma suave rampa de areia. Eu rotineiramente uso nadadeiras fechadas e nunca penso duas vezes antes de andar descalço na água.

Listar todas as criaturas encontradas em BHB levaria o dia todo, mas animais marinhos vistos frequentemente incluem três tipos de polvos (mesmo durante o dia), estomatópodes, estrelas do mar e muitos tipos de caranguejos, incluindo o caranguejo-calapa, o neck crab e várias espécies de caranguejo eremita. Embora não seja verdadeiramente um caranguejo, o extremamente estranho e interessante caranguejo-ferradura (Xiphosura) é um "fóssil vivo"; eles são facilmente encontrados em BHB prestando-se atenção nas áreas arenosas.


Um yellowhead jawfish macho com seus ovos.
Outras criaturas locais bastante comuns que são interessantes para fotógrafos são os peixe-morcegos, os sea robins, os coiós, os stargazers, as enguias e pelo menos três espécies de vermes-de-fogo. Também há pelo menos três espécies de jawfish aqui, e não é raro encontrar um macho cuidando de sua prole com os filhotes na boca. Há outras criaturas que são um pouco mais difíceis de serem encontradas; elas incluem cavalos-marinhos, caprellidaes, camarões squat, camarões bumblebee, peixes-sapo, peixes cachimbo, pike blennies, minúsculos nudibrânquios, e aterrorizantes vermes Bobbit. O mais interessante da ponte é que você nunca sabe o que encontrará em seguida.


Up close de um cavalo marinho.

Existem na verdade dois pontos de mergulho separados na BHB, e embora você possa visitar os dois em um mesmo mergulho, essa não é a melhor opção. Encontrar o interessante elenco de personagens requer uma abordagem lenta e paciente. Para quem é novo no BHB eu recomendo mergulhar no lado leste, ou "little bridge", primeiro, e então experimentar o lado oeste ("big bridge") quando estiver mais familiarizado com a área. O lado oeste é tipicamente mais raso do que o leste e as fundações da ponte são maiores. O lado leste é onde os mergulhadores encontram mais estruturas, incluindo mais (embora menores) fundações da ponte juntamente com os destroços de duas lanchas, um veleiro e um grande pedaço de cais. Os naufrágios não são exatamente destinos por si só, mas eles oferecem um habitat e oportunidades para fotos.


Seaweed blenny
Logo que você entra na água, o cenário é de areia inexpressiva; conforme você se distancia encontrará áreas com mais pedras assim como algumas áreas dispersas com vegetação. Os pequenos naufrágios podem abrigar muitos animais pequenos e interessantes, como blennies e camarões-palhaço. Pode demorar um pouco para os olhos se ajustarem ao mergulho "lamacento", mas esse local normalmente recompensa os mergulhadores pacientes com descobertas interessantes.

Em 2012 o condado de Palm Beach instalou o que é atualmente conhecido como a trilha do snorkel — uma coleção de pedras e de blocos de concreto de 240 metros de comprimento desenvolvida para ser um recife artificial. A trilha do snorkel já começou a atrair vida, e definitivamente vale a pena ser visitada. Ela se estende de leste a oeste, paralelamente à praia, cerca de 45 metros ao sul. Para os mergulhadores, ela não apenas é um bom lugar para se ver peixes e outras criaturas, mas também serve como um ponto de referência útil para a navegação. Geralmente não é aconselhável se aventurar ao sul da trilha do snorkel pois isso o colocaria próximo demais a um canal ativo de passagem de barcos.


Polvo
Infelizmente existem mais planos de alterações na área. Um pedido de licença para ampliar o Porto de Palm Beach foi aprovado e subsequentemente retirado pelo U.S. Army Corps of Engineers em junho de 2014. A retirada definitivamente não é o fim do projeto, entretanto. Existe uma grande pressão para a expansão da enseada, e algumas pessoas especulam que a retirada da licença foi feita para tornar o pedido mais sólido (ex, com maior probabilidade de atender a todos os requisitos para aprovação). Uma leitura do primeiro pedido de licença indica uma ausência de consideração ao impacto no habitat de BHB. Não há dúvidas de que o ambiente e o mergulho em BHB seriam significativamente afetados, mas essas considerações não parecem estar na lista de prioridades com relação a aprovação do projeto.
Como Mergulhar Lá
A Pura Vida Divers oferece mergulhos guiados com guias locais de alto nível, o que é altamente recomendado para quem visita BHB pela primeira vez. A Reef Photo and Video organiza aulas de fotografia em BHB várias vezes por ano para pessoas que querem melhorar suas habilidades de fotografia e videografia subaquática. (O autor é um dos instrutores dessas aulas).

Os mergulhos precisam ser adequadamente programados de acordo com as correntes. Uma regra geral que funciona bem é entrar na água cerca de 45 minutos a uma hora antes da maré alta, que ocorre duas vezes por dia. A corrente estará correndo em direção ao norte nesse momento. O estofo da maré ocorrerá cerca de meia hora após a maré alta, e ele normalmente representa a melhor visibilidade e a menor corrente. Logo após o estofo da maré, a corrente irá começar a correr em direção ao sul, e a visibilidade irá começar a piorar.

Embora a corrente possa ser rápida, existem várias estruturas disponíveis atrás das quais se abrigar. Bons lugares para se encontrar um redemoinho são as fundações da ponte, os naufrágios e a trilha do snorkel.

A média de profundidade aqui é de cerca de 5 metros, portanto embora um típico dia de mergulho aqui envolva apenas um mergulho, pode ser um evento de duas horas ou até mais. Há tráfego de barcos na área, portanto os mergulhadores precisam saber onde estão os canais de passagem de barcos. Também tenha em mente que o Estado da Flórida tem leis que regem a exibição de bandeiras de mergulho ou boias e a responsabilidade de tráfego de barcos na área.




Como Chegar Lá: Os aeropostos mais próximos são Palm Beach International (PBI) e Fort Lauderdale-Hollywood International (FLL). Riviera Beach fica imediatamente ao norte de West Palm Beach, e existem vários lugares próximos onde ficar. Muitas lojas de mergulho na região alugam equipamento; incluindo Pura Vida Divers, Jim Abernethy's Scuba Adventures e Force-E Divers. Converse com os funcionários da loja sobre as regras de bandeiras de mergulho da Flórida e sobre o tráfego de barcos, e, se quiser, pergunte sobre os mergulhos nos excelentes pontos mais distantes da costa também.

Condições: Embora exista um aspecto sazonal no mergulho, o mergulho em BHB é na verdade muito bom durante o ano todo. O ponto é tão bem protegido que é possível mergulhar ali mesmo quando as condições mais longe da costa estão muito ruins para o mergulho. A temperatura da água no verão chega próximo aos 30°C e pode cair para cerca de 21°C no inverno.

A visibilidade muda todo dia, mas normalmente fica entre 10 e 20 metros. De vez em quando ela chega a 30 metros, mas também pode cair para alguns poucos metros. A visibilidade tende a ser pior após uma chuva forte ou quando os engenheiros em Lake Okeechobee decidem drenar o nível do lago.

Pode ser difícil encontrar um lugar para estacionar nos finais de semana durante o verão, mas geralmente os dias de semana são menos lotados. O estacionamento não fica aberto 24 horas por dia, portanto certifique-se de programar seu mergulho de maneira que você saia antes do horário de fechamento do estacionamento. Mergulhos noturnos são possíveis — informe-se na loja de mergulho sobre a obtenção de uma autorização para o mergulho noturno.

Na Superfície: De luta de jacarés e lindas praias à vida noturna de South Beach em Miami, o sul da Florida está cheio de coisas para se ver e fazer. Se você quiser ficar próximo à ponte, dê uma olhada em Clemantis Street e na orla em West Palm Beach.

Em 1961 os Seabees da Marinha Americana construíram uma casamata subterrânea para o presidente John F. Kennedy em Peanut Island, localizada do outro lado do canal de Blue Heron Bridge. Atualmente você pode visitar a casamata e ver para onde o presidente teria sido transportado caso a Crise dos Mísseis de Cuba tivesse tido um desfecho diferente. Se fazer mergulho livre, nadar, fazer trilhas ou acampar é mais a sua cara, o resto do Peanut Island Park é um calmo pequeno oásis no meio do movimentado Porto de Lake Worth.

© Alert Diver — 1º Trimestre 2015

Language: EnglishSpanish