A Niihau de Kauai

A busca por na mea hulu


Janine McMurdie e uma foca-monge em Lehua Rock. As focas-monge são muito curiosas e irão interagir com os mergulhadores se não se sentirem ameaçadas.

O céu escureceu pesadamente ao sul — uma ocorrência incomum. A canoa de guerra de casco duplo de Ikaiki, ou wa'a kaulua, deslizava através dos mares que se agitavam em sua jornada final para Kauai. Ikaki era um dentre centenas de veteranos escolhidos a dedo pelo Rei Kamehameha I para unificar à força a última ilha havaiana "fora-da-lei" ao seu reino unido. A longa viagem da armada a partir de Oahu havia sido tranquila até agora.

O capitão de Ikaki tornava-se cada vez mais agitado enquanto exortava os remadores a afundarem seus remos mais profundamente no mar que se escurecia. Seus estímulos não funcionaram; em menos de uma hora a força total da violenta tempestade os alcançou. Os soldados de Kamehameha lutaram contra o mar furioso valorosamente, mas a frota estava dispersa, e a noite se transformou em uma luta pela sobrevivência. Á luz do início da manhã a frota estava em farrapos, com a maioria das embarcações naufragada e suas tripulações dormindo em mar aberto.

Ikake acordou agarrado a um mastro, fraco e desidratado. Ele havia sobrevivido à noite escura, mas por pouco. Sua wa´a kaulua e seus companheiros de canoa não estavam lá — ele estava sozinho. Após algum tempo ele ouviu uma agitação atrás de si; ele se virou esperando um mano (tubarão), uma manifestação de um de seus aumakua (espíritos-guia) vindo escoltá-lo para o outro lado. Ao invés disso era um na mea hulu curioso, "o peludo". A foca-monge-do-havaí fitou os olhos de Ikaiki com um olhar pesaroso antes de mergulhar de volta para baixo da superfície. Olhando para o oeste, Ikaiki podia apenas distinguir as montanhas de Kauai, mas logo seu aumakua apareceu para guia-lo ao além.



Nosso barco de mergulho, o Kukuula, estava navegando em águas tranquilas a caminho da Ilha Niihau. Assim como aconteceu há 200 anos, uma tempestade escureceu o céu ao sul — um evento incomum, de acordo com nosso capitão. Niihau é uma ilha de cerca de 180 km2 e com apenas cerca de 100 habitantes; ela é as vezes chamada de "A Ilha Proibida". Nós não iríamos propriamente desembarcar na ilha, mas estávamos buscando oportunidades de mergulho próximo à ilhota de Lehua. Nós realmente queríamos mergulhar com na mea hulus, e as águas de Niihau nos pareciam a melhor chance para isso.

Um remanescente do vulcão de Niihau, Lehua ostenta uma topografia impressionante. Sua área é menor do que 2 km2, e ela é um Santuário de Aves Marinhas do Estado do Havaí. Alguns dos melhores pontos de mergulho estão localizados aqui, como Vertical Awareness, Puamuu, Pyramid Point e Neon Cave. Por causa da distância de Kauai e da possibilidade de correntes fortes, Niihau é um local mais adequado para mergulhadores avançados. Você não precisa de uma carteira cheia de credenciais, mas um bom controle de flutuabilidade e conhecer as suas limitações são pré-requisitos.

Conforme os céus se escureciam, nos preparávamos para nosso primeiro mergulho em Vertical Awareness. Brian, o capitão, garantiu interação com uma foca-monge, o que era uma promessa audaciosa. A chuva começou bem no momento em que caíamos na água. Apesar dos céus pesados a visibilidade era de pelo menos 30 metros. Imediatamente vimos tubarões corre-costas, raias-manta e galhas-brancas. Eu tive que rir quando muitos dos "bilhetes premiados" que o mergulho havaiano tem para oferecer se apresentaram nos primeiros dez minutos — mas não vimos nenhum na mea hulus.

Eu me acomodei no mergulho e aproveitei a fabulosa topografia subaquática. Como é frequentemente o caso, minha esposa Janine e eu estávamos brincando de tentar acompanhar o grupo quando percebemos uma comoção no limite de nossa visibilidade. Após algumas pernadas, eis que ali estava uma foca-monge em carne e osso. Ele parecia ser um grande macho, e estava curioso o suficiente para ficar conosco pelo resto de nosso mergulho. Foi muito emocionante, já que a foca-monge-do-Havaí é um dos mamíferos marinhos em maior risco de extinção no mundo; restam cerca de 1.000, de acordo com a National Oceanic and Atmospheric Administration, NOAA. O resto do dia foi úmido na superfície assim como abaixo dela. Se você puder gingar ali, a Ilhota de Lehua é imperdível.


Uma tartaruga-verde faz uma pausa no ponto de mergulho Turtle Bluffs em Kauai.
Kauai, a Ilha Jardim, oferece algumas boas submersões também. Algumas não exigem sequer saídas embarcadas. Assim como a maioria das Ilhas do Havaí, não há falta de praias e costas maravilhosas. Embora boa parte dos mergulhos seja feita nas costas sul e sudoeste, existem pontos de mergulho em toda Kauai, portanto, normalmente há oportunidades de mergulho independentemente do tempo. Alguns pontos de mergulho populares próximos para se fazer de barco são Zak's Pocket, Turtle Bluffs ed Brennecke's Ledge. Você pode esperar muitas tartarugas, cardumes de peixes da família Lutjanidae, peixe-sapo e os ocasionais tubarão pelágico, raia ou golfinho.

Se você quiser fazer mergulho livre ou mergulhar a partir da praia no seu horário, Tunnel's Reef (para uma excursão avançada) ou Koloa Landing (para um passeio fácil) podem ser uma boa opção. Como em todos os lugares, entretanto, é melhor você passar em uma loja de mergulho e obter informações locais atualizadas em primeira mão. Contratar um guia nunca é uma má ideia.


Uma vista aérea do Cânion Waimea, também conhecido como o “Grande Cânion do Havaí”.
Você não irá encontrar hotéis altos ou grandes shoppings em Kauai. A vida noturna também não é fácil de se encontrar, mas se você gosta de cenários espetaculares, caminhadas incríveis e algumas das mais primitivamente lindas costas do mundo, esta é a ilha para você. Quando viajamos, Janine e eu descobrimos que vale a pena contratar guias de caminhada em terra firme. Eles conhecem cada canto da ilha e irão busca-lo e leva-lo de volta ao hotel — uma boa opção quando você está exausto das caminhadas. Há muitas aventuras para serem encontradas em uma visita a Ilha Jardim, mas também há muitas praias de areia branca por onde caminhar e coqueiros sob os quais se deitar.
Como Mergulhar Lá
Condições e nível de habilidade: As Ilhas do Havaí são consideradas tropicais, mas elas tendem a ser um pouco mais frias do que o Caribe. As temperaturas médias da água ficam entre os 20 e poucos °C no inverno e 20 e muitos °C no final do verão. Condições locais criam exceções para essas estimativas, e a perda de calor deve ser levada em consideração ao se planejar mergulhos repetitivos. Muitos mergulhadores acham que uma boa roupa úmida de 3mm é suficiente; outros ficam mais confortáveis com uma roupa de 5mm ou 7mm. Muitos pontos de mergulho apresentam correntes bem previsíveis, o que faz do mergulho em corrente uma opção popular. A visibilidade média é normalmente bastante boa (10 a 20 metros), mas pode variar de acordo com o ponto de mergulho e com as chuvas. A visibilidade em Niihau é normalmente de 30 metros ou mais, devido à chuva limitada e pouco escoamento de água. As temperaturas do ar variam ao redor de 25°C no inverno a 30 e poucos °C no verão. Em geral, os melhores meses para se mergulhar são entre maio e setembro, já que menos tempestades fortes aparecem nesta época e a água é geralmente mais calma.


Colônias de corais-dedo recobrem as paredes no ponto de mergulho Neon Cave em Lehua.
Intervalo de superfície: A observação de baleias é uma opção entre dezembro e maio. Outras diversões de superfície incluem caiaque, visita a pontos turísticos, caminhadas, surfe, tênis, golfe e praticamente qualquer outra atividade ao ar livre que você consiga pensar.

Como chegar e andar por lá: O aeroporto internacional de Kauai, Lihue (LIH), tem muitos voos diretos a partir da costa oeste dos Estados Unidos. As companhias aéreas American, Alaska, Delta, United e US Airways todas têm voos direto a partir de Los Angeles. Você pode chegar de Oahu pela Hawaiian Air. A diferença de horário é de três horas a menos do que o horário da costa oeste americana. Além de taxis, existe um bom serviço de ônibus na ilha. Você também pode alugar carros, motos e bicicletas facilmente em um monte de locais.


© Alert Diver — 3º Trimestre 2014

Language: EnglishSpanish